OPERAÇÃO ESCULÁPIO - Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva em Foz do Iguaçu

Na manhã desta quarta-feira, 5 de junho, agentes do núcleo de Foz do Iguaçu do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná, com auxílio de agentes de todos os núcleos do Gaeco no estado (Curitiba, Londrina, Maringá, Guarapuava, Cascavel e Francisco Beltrão) e dos núcleos do Gaeco de Joinville e Itajaí, em Santa Catarina, cumpriram 12 mandados de busca e apreensão, oito mandados de condução coercitiva (incluindo os de três ex-secretários da Saúde de Foz do Iguaçu) e dez mandados de busca pessoal, expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal de Foz do Iguaçu, em deflagração da segunda fase da Operação Esculápio.

Além de Foz do Iguaçu, foram cumpridos mandados em Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu, no Oeste paranaense, e nas cidades de Balneário Camboriú e Joinville, em Santa Catarina.

A investigação teve início em meados do ano passado e tem por objeto o pagamento irregular de horas médicas a profissionais vinculados a três unidades de saúde de Foz do Iguaçu (UPA Morumbi, PA Morumbi e Hospital Municipal), bem como desvios de verbas públicas em pagamentos realizados a médicos contratados pelo poder público municipal e a empresas intermediárias contratadas pela administração pública.

Na primeira fase da investigação, deflagrada em julho de 2016, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e dois mandados de condução coercitiva. Durante as diligências realizadas nesta quarta-feira, duas pessoas foram presas em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4249


author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

Postar um comentário

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | Acesse o comércio de Toledo - Pr Guia Toledo