OMS calcula que depressão atinge 300 milhões de pessoas no mundo; estatística vem crescendo



A Rádio Nacional produziu durante a semana uma série de quatro matérias sobre bullying, depressão e suicídio. Neste sábado (29), a Radioagência Nacional divulga a série levada ao ar pelas emissoras da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Esta é a terceira da série e trata dos níveis de depressão cada vez mais alarmantes no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. 

A depressão afeta pessoas de todas as idades, causa angústia, afeta as tarefas do dia a dia e no pior dos casos pode levar ao suicídio. Mas, ela pode ser prevenida e tratada.

Sonora: “O problema da depressão é que mesmo que ela não seja crônica ela é um fantasma que fica ali na moita, à espreita, pronta para atacar novamente.”

Assim como Nauzila Campos, o número de pessoas que vivem com depressão está aumentando no mundo. O alerta é da Organização Mundial da Saúde, que elegeu a doença como tema do Dia Mundial da Saúde deste ano, em 7 de março. 

A estimativa é que mais de 300 milhões de pessoas de todas as idades sofram com depressão em todo o mundo.

Segundo o relatório global sobre transtornos mentais, no Brasil cerca de 5,8% da população sofrem de depressão, ou seja, mais de 11,5 milhões pessoas. O índice é o maior na América Latina.

Alexandrina Meleiro, coordenadora da Comissão de Estudo e prevenção ao Suicídio da Associação Brasileira de Psiquiatria fala sobre os sintomas.

Sonora: “Há alterações nos neurotransmissores que vão levar a manifestações como perda a autoestima tristeza, desânimo, perda cognitiva. A pessoa fica mais lenta nas reações emocionais, no sono, no peso, que pode alterar para mais ou para menos. Uma infinidade de sintomas que vai compor o quadro depressivo.

Alexandrina Meleiro diz que antes de enfrentar o preconceito dos outros, a pessoa tem que lidar com o seu próprio preconceito.

A psiquiatra ressalta ainda que é grande o estigma em relação a doença e alerta que projeção da OMS prevê que a depressão será uma década a doença que mais vai afastar as pessoas do seu dia a dia.

E na próxima reportagem, além da depressão, as razões para conversar sobre suicídio.


Colaboração: Rosemary Cavalcanti

Sonoplastia: Gabriel Pinheiro

author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora