'Eu e Dilma, erramos', diz Lula


Em meio a um cenário de crise política e econômica, o ex-presidente Lula reconheceu nesta terça-feira (11) que a sucessora Dilma Rousseff, pode ter errado à frente do governo. "É lógico que ela pode errar, como eu errei e como qualquer um erra enquanto mãe. Nem sempre a gente faz as coisas que são aceitas 100% pelos filhos. Nós sabemos disso, mas quando ela errar, ela é nossa mãe e temos de ajudá-la a consertar", afirmou Lula na abertura da 5° Marcha das Margaridas, em Brasília. As informações são da Folha de S. Paulo.

Lula admitiu que o país enfrenta dificuldades, mas pediu que não julguem a petista pelos últimos seis meses, mas pelos mais de quatro anos de mandato. "Não julguem a Dilma por seis meses de mandato, porque ele é de quatro anos", acrescentou.

Uma das apostas do comando nacional do PT para fazer frente aos protestos contra a presidente Dilma marcados para o domingo (16), a Marcha das Margaridas recebeu patrocínio de R$ 855 mil de empresas estatais.

O movimento em defesa das mulheres do campo, promovido no Estádio Mané Garincha, em Brasília, contou neste ano com recursos da Caixa Econômica Federal (R$ 400 mil), do BNDES (R$ 400 mil) e da Itaipu Binacional (R$ 55 mil).

O BNDES informou que considera que a marcha é uma oportunidade de divulgação dos programas do banco. Itaipu disse se tratar de um evento tradicional. A Caixa se limitou a informar o valor repassado.


Pauta Paraná
news@conexaoparana.com
author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora