Dívida com o diabo


Por Rachel Sheherazade

Quanto mais Dilma, Lula e o presidente do PT, Rui Falcão se escondem dos brasileiros, mas são perseguidos por vaias e panelaços. O último episódio foi durante um casamento em São Paulo, onde a presidente foi madrinha, e que reuniu a nata da sociedade, membros ilustres das "zelites".

Em trajes de gala e conduzidos por carrões de alto luxo, os petistas se confundiam com os ricos e milionários da festança. Logo eles que se fazem passar por trabalhadores, membros do povo, gente como a gente.

O trio petista foi hostilizado por movimentos pro-impeachment e ainda por moradores e frequentadores de bares da região .

Entre outros xingamentos, foram ouvidos gritos de "Fora, PT" e "Dilma Ladra".

Como se fosse pouco a desmoralização em São Paulo, o PT sofreu críticas pesadas da oposição na propaganda política.
O principal partido de o oposição ao governo, o PSDB do senador Aécio Neves está usando as mesmas armas do marqueteiro de Dilma em seu horário político.

Na peça que foi ao ar ontem, os tucanos deram o troco à propaganda terrorista usada pelo partido dos trabalhadores durante a campanha eleitoral da então candidata.

Agora o jogo se inverteu. Foi a vez da oposição acusar os petistas de se voltar contra os trabalhadores.

Numa das propagandas, o telespectador assiste a uma família que tenta se proteger de uma tempestade debaixo de um guarda-chuva. Enquanto isso, sob um fundo musical dramático, o narrador fala:

“Economia parando. Preços subindo. Desemprego aumentando... E, justo agora, o governo aumenta os impostos, a luz, os juros, a gasolina e quer cortar o seguro-desemprego. Quando mais você precisa, o governo quer que você pague a conta dos erros que ele cometeu”.

O guarda-chuva que protegia a família é arrancado, deixando todos à mercê da tempestade. A propaganda tucana é uma resposta, ainda que tardia, à tática do medo adotado por Dilma e seu marqueteiro João Santana contra os adversários políticos, Aécio Neves e Marina Silva.

A peça do PSDB faz lembrar a propaganda terrorista petista que fazia a comida sumir dos pratos dos brasileiros, os livros perderem seu conteúdo, dando a entender que os adversários do PT governariam contra o povo.

Depois de eleita, a candidata deixou cair a máscara. Seu pacote de medidas inclui aumento de preços, tarifaço, inflação alta, recessão, desemprego e prejuízo de direitos trabalhistas conquistados a duras penas, como o seguro desemprego, seguro defeso, pensão por morte, além de cortes no orçamento da saúde e da educação. Há alguns meses, Dilma fez o diabo para vencer a eleição. Mas toda alma tem seu preço. E o tinhoso, mais cedo ou mais tarde, vem cobrar sua dívida.

Ouça o áudio:

@rachelsherazade
facebook.com/rachelsheherazadejornalista
rachel sherazade, rachel cherazade, raquel cherazade, rachel sheherazade, rachel sbt, raquel sbt,

author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora