Dilma ignora o Sul e adia a campanha de vacinação contra a gripe para maio



Mais uma vez, o governo federal ignorou os estados do sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e adiou para o mês de maio a campanha de vacinação contra a gripe. Os três estados pediram ao Ministério de Saúde a antecipação da vacinação para o começo de abril devido ao clima na região. O ministério sinalizou a entrega das doses da vacina na primeira semana deste mês, adiou para 27 de abril e agora confirmou que a campanha nacional começa somente em 4 de maio. 


"Nos estados do sul, as temperaturas começam a cair no outono, diferente do que ocorre nos estados do Nordeste. No Sul, a campanha devia ser antecipada", diz um especialista na área. O Paraná deve receber 2,9 milhões de doses. O Estado fica responsável pela logística e distribuição e os municípios pela aplicação das doses. O MS define os grupos prioritários - crianças, idosos, gestantes, doentes crônicos, profissionais de saúde e pessoas privadas de liberdade - para receber as primeiras doses da vacina.

Pauta Paraná
news@conexaoparana.com
author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora