Richa reafirma compromisso de apoiar a inovação no Paraná


O governador Beto Richa reafirmou nesta terça-feira (07) o compromisso do Governo do Estado para fomentar ainda mais a cultura inovadora no Paraná. "Inovação é fundamental para o desenvolvimento sustentável do nosso Estado. Estamos ampliando as parcerias e daremos ainda mais força a nossa Lei da Inovação", afirmou. Richa participou do lançamento do Instituto ACP Inovação, na Associação Comercial do Paraná, em Curitiba. 

Ele lembrou que a Lei da Inovação do Paraná – regulamentada no início deste ano – trouxe ganhos significativos para o Estado, que era o único das regiões Sul e Sudeste que ainda não tinha aprovado uma lei desses parâmetros. “O Paraná só será desenvolvido com investimentos fortes em educação, ciência e inovação”, destacou o governador. 

A Lei da Inovação cria benefícios e estabelece mecanismos de cooperação entre os setores público e privado e universidades para pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico. Entre as medidas está a participação técnica e econômica do Estado em projetos de empresas paranaenses, cuja atividade principal seja a inovação tecnológica. Para 2013, são R$ 30 milhões disponíveis para incentivos. 

Richa disse que o Paraná está no caminho certo para se despontar no País como um estado inovador. Para isso, ressaltou a importância da parceria com o setor produtivo e entidades organizadas. Segundo ele, estas ações conjuntas são fundamentais para a eficiência da implementação da lei. "Precisamos ampliar as parcerias. A ACP dá mais uma demonstração de que está sintonizada com as necessidades da nossa sociedade ao apresentar este instituto". 

“É fundamental inovar. Com apoio do governo estadual, entidades como a ACP nos auxiliam para dar ao Paraná uma condição de ambiente inovador. É isso o que queremos fortalecer”, disse o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal. 

ACP INOVAÇÃO – Composto por 30 membros (selecionados em cada setor: empresariado, acadêmico e governo), o Instituto ACP Inovação vai funcionar como um fórum de transição de ideias. O objetivo é aproximar representantes das áreas de ensino e pesquisa com investidores interessados em apoiar novos projetos. 

A primeira reunião do instituto deve acontecer em junho. "Atendemos um chamamento do governador, após a regulamentação da Lei da Inovação, para um esforço conjunto no sentido de promover a inclusão do estado nessa cultura inovadora", declarou Edson Ramon, presidente da ACP.

Uma das atividades previstas é o financiamento, por meio de bolsas de incentivo, de estudos para o desenvolvimento de tecnologias ou ideias inovadoras. “A carência maior na inovação hoje é falta da aproximação das universidades, cientistas e representantes do comércio. Queremos gerar valor aos produtos inovadores. Esta é uma das nossas missões, aproximar as entidades interessadas”, destacou Eduardo Aichinger, coordenador do Instituto ACP Inovação. 

LEI DA INOVAÇÃO – A Lei da Inovação paranaense foi regulamentada no dia 28 de fevereiro. Desde então, criou-se um sistema integrado por empresas e instituições públicas e privadas com atuação na área de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Entre as entidades estão o Tecpar, o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), a Fundação Araucária e as incubadoras tecnológicas existentes no Estado. 

A legislação prevê a participação do Estado em fundos de investimentos de empresas paranaenses cuja atividade principal seja a inovação tecnológica. Projetos aprovados pelo governo, por meio do Tecpar, podem ser beneficiados com subvenção econômica, financiamento ou participação societária do governo. A lei também permite a concessão de incentivos fiscais para o desenvolvimento de projetos inovadores. 

“A lei é um instrumento, mas existem várias outras ações e atitudes tomadas, como esse diálogo permanente com as sociedades organizadas e o setor acadêmico, para ampliar a arrecadação de recursos e aumentar os incentivos para a inovação”, avalia Alípio Leal. 

FUTURO - Antes da solenidade de lançamento do Institudo ACP Informação, houve no mesmo local uma reunião do Fórum Permanente de Desenvolvimento. O secretário Alípio Leal apresentou propostas ao governo estadual para agregar ideias à implementação da inovação no Paraná. O grupo – composto por 17 representações – pretende apresentar ao governador algumas medidas a serem tomadas em 2014, que consideram como o ano da inovação no Estado.

Áudio:
author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

Postar um comentário

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora