Governo melhora cargos e carreiras de 19 mil funcionários da Educação

O governador em exercício Flávio Arns sancionou a lei que melhora o Plano de Cargos e Carreiras dos Funcionários da Educação do Paraná. Com a sanção, os 19 mil funcionários concursados têm direito a mais promoções na carreira, com consequentes melhorias salariais. A medida beneficia diretamente as equipes de apoio das escolas, como merendeiras, de serviços gerais e de apoio administrativo.

As alterações foram propostas pelo governo como resultado do diálogo com a categoria profissional. “Desde o primeiro dia de gestão trabalhamos junto com a categoria. Com a parceria e o respeito mútuo, muitas conquistas e avanços estão acontecendo, como estas alterações”, afirmou Arns. 

O projeto foi aprovado por unanimidade pelos deputados em abril e permite que agentes educacionais I e II, com graduação e pós-graduação, possam ter três tipos de promoção na carreira. Além do reconhecimento da graduação para o agente I e da pós-graduação para os agentes II, agora a lei também garante concurso de remoção nos mesmos moldes do que é feito para o magistério.

PROFESSOR – Neste mês, o Governo do Estado também sancionou a lei que aumenta a hora-atividade dos professores da rede estadual. Com a nova redação, o Plano de Carreira do Quadro Próprio do Magistério do Paraná define um terço da carga horária para o professor trabalhar na escola sem interação com o aluno. 

No segundo semestre, das 20 horas-aula semanais, os professores passarão a contar com o tempo de seis aulas exclusivo para planejamento de trabalho, atendimento aos familiares, pesquisa e outras atividades que precisam ser feitas fora de sala de aula, mas dentro da escola.

NOMEAÇÕES - Arns também autorizou a nomeação de 348 funcionários para ingressarem no Quadro de Funcionários da Educação Básica do Paraná. As nomeações são relativas ao concurso de 2006. “É uma longa espera que finalmente chega ao fim e estes profissionais que foram aprovados no concurso público poderão assumir suas devidas funções”, destacou o governador e secretário de Estado da Educação.

A maioria dos novos funcionários que vão ingressar na carreira é agente educacional I, relativos a serviços gerais. Apenas um é da área administrativa, agente II. Com a autorização assinada, a Secretaria de Estado da Educação organizará as vagas que serão escolhidas antes da posse dos novos funcionários, prevista para dentro de 30 dias.

Áudio:
author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

Postar um comentário

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora