Paraná abre represas para a prática de esportes náuticos que não usem motores a combustão


 
O governador Beto Richa oficializou neste sábado (17) a utilização dos lagos das represas públicas para a prática de esportes náuticos que não utilizem motores movidos a combustão interna. O objetivo da iniciativa é incentivar a prática dessa modalidade esportiva no Estado e ao mesmo tempo garantir a preservação da qualidade da água dos reservatórios. 

O anúncio foi feito pelo governador durante o Festival de Esportes Náuticos, que está sendo realizado na represa do Passaúna. A represa é o primeiro local no Estado a receber a autorização do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) para o uso náutico. 

“Com esta medida o governo atende aos anseios e às expectativas dos praticantes de esportes náuticos, que há muito tempo revindicavam a liberação. O uso responsável da represa, em harmonia com o meio ambiente, garantirá que este seja mais um espaço para o estímulo do esporte”, disse Richa. 

O governador afirmou que há áreas em estudo para esportes náuticos em diversas regiões do Paraná. “A partir da liberação desses locais para a prática esportiva vamos atrair eventos nacionais e internacionais dessas modalidades”, acrescentou. 

ABASTECIMENTO É PRIORIDADE - A nova legislação estadual – decreto Nº 2.934, de 10 de outubro de 2011, e a Lei 17.048/2012 – permite o uso múltiplo das águas de represas do Estado para as práticas esportivas sem prejuízo de sua destinação prioritária, que é o abastecimento público. 

A partir de agora, podem ser praticados na represa do Passaúna esportes como canoagem, maratona aquática, vela, natação, remo, iatismo, windsurf, kitesurf e stand-up paddle. 

“Hoje mais uma meta do governo Beto Richa está sendo cumprida. O Paraná possui uma quantidade imensa de água na superfície, em áreas propícias para desenvolver atividades esportivas”, disse o secretário de Estado do Esporte, Evandro Roman. Segundo ele, está em andamento uma parceria com o governo federal para implantação de um projeto para iniciação de crianças e jovens de 6 a 17 anos em esportes náuticos. 

O secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jonel Iurk, afirmou que a iniciativa também promove a educação ambiental, porque possibilita conjugar o lazer e o esporte com uma área destinada a manancial. “Fizemos estudos na área e concluímos que é possível desenvolver algumas atividades esportivas sem problemas ambientais”, disse. “Entretanto, está vetada a utilização de embarcações movidas a motor por combustíveis, como gasolina e óleo diesel”, afirmou. 

O presidente da Associação Paranaense de Windsurf do Paraná, Angelo Volpi, fez um agradecimento ao governador Beto Richa pela iniciativa. “É a materialização de um sonho para muitos esportistas do estado. Há mais de oito anos estávamos proibidos de utilizar reservatórios de Curitiba para treinar”, disse Volpi. Ele lembrou que o esporte à vela é recordista em conquistas de medalhas em Olimpíadas para o País. 

VISITAÇÃO - O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, destacou que a liberação da represa para esportes náuticos vai aumentar a visitação no parque pela população de Curitiba e da região Metropolitana. 

“A prefeitura está ao lado do governo estadual nesta parceria, mantendo o local em condições adequadas para a visitação e a prática esportiva”, afirmou. 

De acordo com o secretário de Esporte Lazer e Juventude de Curitiba, Marcello Richa, será preparado um cronograma de atividades a serem ofertadas nos finais de semana para toda a população. “Vamos fazer desta área mais um equipamento para a prática esportiva”, disse ele. 

A REPRESA – A bacia de drenagem do rio Passaúna ocupa uma área de 145 quilômetros quadrados e está protegida por uma Área de Proteção Ambiental. 

A represa está localizada no Parque Passaúna, que possui uma área de 6,5 milhões metros quadrados entre os municípios de Araucária, Curitiba e Campo Largo. Cerca de metade dessa área é tomada pelo lago, que abastece parte da população de Curitiba, por meio da Estação de Abastecimento de Água do Passaúna. 

Acompanharam o evento os prefeitos de Araucária, Albanor José Gomes, e de Fazenda Rio Grande, Francisco Santos; os secretários de Estado, Fernanda Richa (Família e Desenvolvimento Social); Faisal Saleh (Turismo); Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento); o presidente da Companhia de Saneamento do Paraná, Fernando Ghignone; o presidente do Instituto Ambiental do Paraná, Tarcísio Mossato; o presidente do Instituto ÁguasParaná, Márcio Nunes, e representantes de entidades do esporte náuticos.
Áudio:




  •  
author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora