Creche Nona Giacomazzi terá nova sede

 
O município de Toledo vai construir uma nova creche ao invés de reformar a creche Nono Giacomazzi, na Vila Paulista. A nova unidade será construída em uma área cedida ao município pela empresa Sadia, que autorizou na quarta-feira, 14, o município de Toledo a utilizar uma área remanescente no Centro Esportivo Deolindo Cordeiro, ao lado do Centro de Eventos Dezirrè Refosco, na Vila Pioneiro.
A confirmação foi dada ao prefeito em exercício, Lúcio de Marchi, no gabinete. Lúcio intermediou na época a cedência do terreno pela empresa para a realização de investimentos na área de esportes. “Já construímos um centro esportivo, com campo de futebol. Agora pedimos a autorização da empresa para utilizar um espaço remanescente para a construção da creche”, informou o prefeito em exercício, que recebeu na quarta-feira, do gerente industrial da unidade de Toledo, Décio Panazzollo, e do gerente administrativo regional do Paraná e do Mato Grosso do Sul, Rafael Lando Menute, a autorização para o uso do espaço com esta nova finalidade. Ainda nesta semana, Lúcio pretende assinar a autorização para o início do processo licitatório para a contratação da empresa para a execução da obra. A creche será no modelo padrão do município e deverá abrigar inicialmente 85 crianças, mesmo número que atende hoje.
“Fizemos um estudo e verificamos que sairia mais caro reformar a creche atual. Vamos construir uma nova, em outro espaço, e utilizar as edificações existentes para outra finalidade”, explicou o prefeito em exercício. A creche Nona Giacomazzi é muito antiga e exigiria muitos investimentos para as adequações necessárias, dentro das normas e exigências atuais, tornando inviável o empreendimento.
Os diretores da Sadia aproveitaram a oportunidade para fazer duas solicitações que consideram fundamentais para o perfeito andamento das atividades na iniciativa privada. Eles pediram uma avaliação da prefeitura com relação a possibilidade de ampliar o horário de atendimento nas creches, considerando os turnos de trabalho da empresa. Hoje o atendimento nos centros municipais de educação infantil é das 7 às 19h, o que não atenderia as necessidades de mães que atuam na empresa em turnos alternativos da manhã e da noite. A empresa sugere a ampliação do horário de funcionamento da creche para atender as necessidades das mães trabalhadoras da empresa.
Outra sugestão foi a adequação do calendário de atendimento nas creches com da iniciativa privada. Por conta dos recessos municipais, férias e paradas para cursos, a empresa enfrenta dificuldades com falta de servidores nos dias em que a creche não funciona. “Chegamos a contabilizar de 15 a 20 dias de trabalho por ano. Quando não tem creche, o número de faltas cresce significativamente, colocando em risco a produção”, comenta o gerente industrial da empresa.
Segundo ele, cerca de 44 por cento dos 7,5 mil funcionários que atuam na linha de produção são mulheres, o que gera uma demanda muito grande. Além disso, ele observa que muitas mães, apesar de querer trabalhar na empresa, optam por outras alternativas diante da dificuldade em deixar os filhos durante o trabalho.
A secretária de Educação, Janice Salvador, que também acompanhou a reunião, juntamente com o diretor de Patrimônio, Norisvaldo Penteado de Souza, explicou as dificuldades de ampliar o horário de atendimento nos cmeis, por conta da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que determina que as unidades atuem na área de educação infantil, o que requer horários apropriados para o ensino. Ela ponderou também os direitos e obrigações dos professores que atuam nas unidades. Os professores, explica ela, têm direitos como capacitações periódicas e hora atividade, a exemplo do que ocorre no ensino regular. Ainda assim ela considerou importante avaliar as solicitações da empresa e pediu que fosse encaminhada uma estimativa da demanda de vagas. Os dados servirão de base para o início das discussões neste sentido.
 
author

União Agora

Seu Portal de Notícias, Brasil.

Receba atualizações do site por e-mail em sua caixa de entrada!

www.CodeNirvana.in

Copyright © UNIÃO AGORA | Notícias | União Agora Portal União Agora